(31) 3244-9900
Minas Gerais:
(31) 3244-9900
Dedetizadora BH - Minas Gerais

Minas Gerais: (31) 3244-9900  |

Uniprag em outros estados: 0800 704 1528

Redes Sociais:
  

Minas Gerais:

Central de Atendimento:

Baratas - Dedetização e Controle de Baratas

FORMIGAS

Baratas - Dedetização e Controle de Barata

As formigas são piores do que as baratas

As formigas são insetos que parecem inofensivos aos olhos humanos. Porém, saiba que é um dos insetos que possui mais força, carregando cerca de 10 vezes seu peso. São pequenas, mas podem disseminar uma série de doenças como diarreia, disenteria, cólera, entre outras.

Isso porque transportam em seu corpo microrganismos presentes em seus locais de passagem, como bueiros, frestas, buracos, ruas, galerias de esgoto e de água, lixeiras, animais mortos e outros locais similares. Quando você vê uma trilha de formigas, você nem imagina por onde elas passaram, nem onde podem chegar.

As formigas se comunicam entre si através de feromônios, sons e toque. Como outros insetos, as formigas percebem cheiros com suas antenas longas, finas e móveis. Elas fornecem informações sobre a direção e a intensidade dos aromas. Através do feromônio, elas deixam trilhas que podem ser seguidas por outras formigas, pois forrageiam em grupo.

Quando a fonte de alimento está esgotado, nenhuma trilha nova é marcada pelas formigas que retornaram e o aroma se dissipa lentamente. Esse comportamento ajuda-as a lidar com mudanças em seu ambiente.

Algumas espécies de formigas são consideradas pragas urbanas, principalmente aquelas que invadem habitações humanas, onde sua presença é problemática por conta da disseminação de doenças.

Biologia das formigas

AS ESPÉCIES DE FORMIGAS
MAIS COMUNS NO BRASIL SÃO:

Formiga fantasma

A formiga fantasma é considerada uma praga residencial e silvestre. Essa espécie necessita de elevada umidade para sobreviver. Seus locais de abrigo preferidos são: banheiros e cozinhas. Elas são pequenas e possuem um aspecto pálido, por esse motivo são chamadas de fantasmas.

Tamanho: De 1,3 a 1,5 mm
Cor: amarelo claro e marrom
Reino: Animalia
Ordem: Hymenoptera
Classe: Insecta
Espécie: Tapinoma melanocephalum
Família: Formicidae
Filo: Arthropoda

DIETA: As formigas possuem alimentação variada, porém têm preferência por doces. As operárias se alimentam de insetos mortos.

HABITAT: Pode se abrigar ao ar livre ou dentro de ambientes, sempre com alta umidade.

IMPACTO: A praga doméstica pode contaminar alimentos, causando doenças que afetam o sistema gastrointestinal.

PREVENÇÃO: Evitar alimentos expostos, deixar a lixeira bem vedada, descartar lixo todos os dias.

Formiga louca

A formiga louca possui esse nome porque ela faz trilhas irregulares, formando semicírculos. É polimórfica e é atraída por madeiras úmidas. Não causa danos estruturais e pode ser localizada em varandas.

Geralmente é encontrada em grande número. Essa espécie pode andar longas distâncias para se alimentar, o que pode dificultar a localização do ninho.

Tamanho: Cerca de 3,5 mm
Cor: marrom escura
Reino: Animalia
Ordem: Hymenoptera
Classe: Insecta
Espécie: Paratrechina longicornis
Família: Formicidae
Filo: Arthropoda

DIETA: A formiga louca é onívora. Pode se alimentar de nutrientes variados desde insetos vivos e mortos, sementes, frutas, vegetais e alimentos domésticos.

HABITAT: A espécie é muito adaptável. Geralmente a formiga louca cria seus ninhos em lixos, cavidades de plantas e árvores, madeira podre e no solo. Podem se fixar em ambientes secos ou úmidos. São pragas comuns em hospitais.

IMPACTO: A formiga louca não causa danos estruturais, mas sim à saúde. Isso porque carrega em seu corpo variados microrganismos nocivos que causam infecções gastrointestinais.

PREVENÇÃO: Higienize com frequência o seu ambiente. Embale e descarte todos os dias o lixo. Elimine os acessos fechando frestas e buracos nas paredes. Realize o controle de outros insetos que podem ser alimentos para as formigas.

Formiga faraó

É conhecida como formiga do açúcar. É uma espécie tropical, encontrada em edificações e em regiões temperadas que tenham um sistema de aquecimento no local.

É importante utilizar um tratamento especializado para controlar a formiga faraó. Os inseticidas domésticos apenas dispersam os insetos. Esta espécie de formiga deixa trilhas bem marcadas.

Tamanho: Cerca de 2 mm
Cor: marrom clara e amarela
Reino: Animalia
Ordem: Hymenoptera
Classe: Insecta
Espécie: Monomorium pharaonis
Família: Formicidae
Filo: Arthropoda

DIETA: A formiga faraó é onívora e sua alimentação inclui açúcares, alimentos domésticos e proteínas, como insetos mortos, carne, sangue entre outros. Este inseto também rói seda e borracha.

HABITAT: A formiga faraó prefere se abrigar em lugares escuros e quentes como tubulações, sistemas de aquecimento, cozinhas, banheiros, ralos, alimentos e equipamentos médicos.

IMPACTO: A formiga faraó gera problemas de saúde sérios, que podem evoluir para infecções generalizadas em hospitais, por exemplo. Por ser pequena, pode entrar em qualquer lugar. Se cair em equipamentos, pode provocar curto-circuito.

PREVENÇÃO: Higienize o local. Guarde em locais fechados os alimentos. Nunca deixe embalagens abertas. Não deixe migalhas em nenhum local, elas atraem as formigas. Limpe a comida do seu animal de estimação diariamente. Vigie acessos e elimine-os. Embale adequadamente o lixo e descarte-o diariamente.

Atendimento Rápido!

ou pela Central de Atendimento: 0800 704 1528

ou pela Central de Atendimento: 0800 704 1528

Ciclo de vida das formigas

As formigas passam pela metamorfose – uma mudança completa na forma do corpo – que tem quatro etapas: ovo, larva, pupa e adulta.

O ciclo de vida das formigas começa com um ovo. Os ovos fertilizados tornam-se formigas fêmeas, enquanto os ovos não fertilizados tornam-se formigas machos.

Após a eclosão dos ovos, as larvas surgem e se alimentam constantemente. Elas crescem rapidamente, mudando sua forma várias vezes à medida que crescem. Quando a larva é grande o suficiente, ela se transforma em uma pupa. A pupa se parece mais com os insetos adultos, porém suas antenas e asas são dobradas contra seus corpos.

O estágio pupal é de repouso e reorganização. A próxima fase é a última: adulta. As formigas adultas pertencem a uma das três castas: rainhas, trabalhadoras ou machos. O ciclo de vida das formigas leva de semanas a meses, dependendo da espécie e do meio ambiente.

Como evitar as formigas

1) Mantenha tudo limpo
A primeira defesa contra as formigas é ter um ambiente higienizado. Não deixe louça suja na pia por muito tempo, varra migalhas de alimentos, limpe bebidas derramadas, tire o lixo diariamente. Renove a comida dos animais todos os dias. É essencial retirar a fonte de alimento das formigas.

2) Remova fonte de água e umidade
A água é um item de importância para a sobrevivência das formigas. A eliminação deste item evitará que as formigas estabeleçam uma colônia dentro ou perto de sua casa.

3) Elimine locais que podem virar abrigos
As formigas estabelecem suas colônias em materiais que estão perto de sua fonte de alimento. Elas também escolhem detritos que lhes permitirão construir seus ninhos. Remova os tocos de árvores, a madeira, os ramos e outros resíduos perto de suas casas.

4) Elimine acessos de entrada e caminhos
As formigas encontram rachaduras ou fendas nas suas casas por onde podem entrar. É essencial selar estes locais para evitar o problema com cimento, silicone ou outro material que elas não destruam.

Os problemas causados pelas formigas

1) Contaminação de alimentos
As formigas passeiam por ambientes nada agradáveis e acabam coletando microrganismos que ficam alojados em seus corpos. Ao passar por alimentos e utensílios, podem contaminá-los e transmitir doenças que atacam o sistema gastrointestinal. Se elas infestarem hospitais, podem causar problemas sérios para os pacientes como infecções hospitalares.

2) Acidentes com curto-circuito
As formigas são animais intrusos. Por serem muito pequenas, podem fazer ninhos dentro de aparelhos eletrônicos. Com isso, aumentam a umidade do local e podem causar curto-circuitos.

3) Danos na agricultura
Os prejuízos econômicos na agricultura são enormes. Algumas formigas como a saúva causam perda de volume de madeira e danos em lavouras que atrapalham o crescimento, o chamado desfolhamento.

10 curiosidades

SOBRE AS FORMIGAS

1– As formigas não têm pulmões. O oxigênio entra através de pequenos buracos em todo o corpo e o dióxido de carbono sai através dos mesmos furos.

2– As formigas rainha têm asas. Elas caem quando começam um novo ninho.

3– Existem mais de 12 mil espécies de formigas no mundo todo.

4– Uma formiga pode levantar 20 vezes o seu próprio peso.

5– Algumas formigas rainha podem viver por muitos anos e ter milhões de crias.

6– Quando a rainha da colônia morre, a colônia só sobrevive alguns meses. As rainhas raramente são substituídas.

7– Quando forrageando, ou seja, quando estão buscando alimento, as formigas deixam uma trilha de feromônios para que as outras saibam em que local estão.

8– As formigas não têm ouvidos. As formigas “ouvem” sentindo vibrações no chão através de suas patas.

9– Quando as formigas lutam, tudo pode acabar em morte porque elas são agressivas nessa hora.

10– A maior formiga do mundo é a formiga africana. Ela possui 5 centímetros de comprimento.

ALÉM DE MINAS GERAIS, VOCÊ ENCONTRA NOSSA QUALIDADE EM TODOS ESSES ESTADOS.

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo: